Imprensa

Histórias e Lendas do Amazonas

Turismo

Os maiores municípios do Amazonas por população – Urucurituba

Por Paulo Almeida Filho

5 de dezembro de 2022 às 15:45 Compartilhe

Urucurituba é um município brasileiro no interior do estado do Amazonas, Região Norte do país. Ocupa uma área de 2 906,677 km², com sua população sendo estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 24 098 habitantes (2021).

É o trigésimo quarto município mais populoso do estado.

O município possui uma temperatura média anual mínima de 25 °C e de 34 °C como média máxima. O seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,588, sendo considerado baixo.

A vegetação, típica da região amazônica, é formada por florestas de várzea e de terra firme, tendo, ao seu redor, um relevo composto por lagos, ilhotes e uma pequena serra.

Urucurituba é vocábulo indígena que significa PALMEIRAL, “lugar onde há muitas palmeiras”. Do tupi urucuri: um das muitas variedades de palmeiras do Brasil; e tyba: grande quantidade, abundância.

História – Os índios Mundurucus, Maués e outros foram os primitivos habitantes da região, hoje ocupada pelo município de Urucurituba.

Pouco tempo após a expedição de Pedro Teixeira de Belém do Pará a Quito (Equador), inicia-se o desenvolvimento propriamente dito do Amazonas.

Próximo à fronteira atual com o Pará, na margem direita do Rio Amazonas, vão surgindo os núcleos que dariam origem às maiores cidades da área.

Em 1660 – Silves; em 1757 – em 1814 – Itacoatiara e Urucará.

Na margem direita do grande rio, quase à mesma altura de Urucará, floresce a povoação de Urucurituba, com território desmembrado de Urucará e Silves.

No ano de sua fundação, Urucurituba é elevado à categoria de vila com a denominação de Urucurituba, pela Lei Estadual n.º 118, de 27 de abril de 1895, desmembrado dos municípios Silves e Urucará.

Sua sede antiga, foi instalada em 5 de maio de 1895. Pela Lei Estadual n.º 164, de 14 de maio de 1897.

 

A Vila foi suprimida, sendo seu território anexado ao município de Silves.

Restaurada pela Lei n.º 212, de 5 de março de 1898, desmembrada de Silves, pela Lei n.º 350, de 22 de agosto de 1901, transfere a sede da vila de Urucurituba para a povoação de Silvério Neri, antigo sítio Tabocal.

Pela Lei Municipal n.º 63, de 27 de fevereiro de 1908, a vila tomou a denominação de Silvério Neri e a sede voltou para povoação de Urucurituba.

Pela Lei n.º 660, de 15 de dezembro de 1910, determinou que a vila de Silvério Neri voltasse a denominar-se Urucurituba.

Pela Lei Municipal n.º 10, de 20 de junho de 1910, foram criados os distritos 1º, 2º, 3º e 4º e anexados a vila de Urucurituba.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, a vila é constituído de 4 distritos: 1º, 2º, 3º e 4º. Pela Lei n.º 1425, de 15 de outubro de 1929, estabeleceu a denominação da vila para Silvério Neri.

Pelo Ato n.º 33, de 14 de setembro de 1931, a Vila foi rebaixada a simples condição de Delegacia municipal, incorporado ao município de Itacoatiara.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Silvério Neri figura no município de Itacoatiara.

Em 1935, com a reconstituição do Estado do Amazonas, Silvério Neri readquiriu a autonomia de município.

Elevado à condição de cidade com a denominação de Urucurituba, pelo Decretolei Estadual n.º 68, de 31 de março de 1938.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído do distrito sede.

Em 24.12.1952, pela Lei Estadual n.º 226, é criada a comarca de Urucurituba. O município é constituído de um só distrito com o mesmo nome. Em divisão territorial datada de 01-07-1960,
o município permanece constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-1-1979.

Pela Emenda Constitucional n.º 12, de 10 de fevereiro de 1981 (Art. 2º – Disposições Gerais Transitórias), delimitado pelo Decreto Estadual n.º 6158, de 25 de fevereiro de 1982, é criado o distrito de Augusto Montenegro e anexado ao município de Urucurituba.

Em 10.12.1981, pela Emenda Constitucional n.º 12, Urucurituba perde parte de seu território, em favor do novo município de Boa Vista do Ramos.

Em divisão territorial datada de 1988, município é constituído de 3 distritos: Urucurituba, Augusto Montenegro e Itapeaçu.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009.

Urucurituba está localizado no centro do estado, na microrregião de Itacoatiara e na mesorregião do Centro Amazonense, numa área de baixo planalto. Localiza-se a uma latitude – 2,6844 e a uma longitude -57,6691, estando a uma altitude de 11 metros acima do nível do mar. Possui uma área de 2 906,677 km² e seu território tem como limite as cidades de: Urucará e Itacoatiara.

 

Clima – Urucurituba possui clima tropical úmido, presente em toda a Amazônia. O clima é amenizado por alta pluviosidade e pelos ventos alísios que sopram do Atlântico.

Quedas de temperatura são comuns no município e diminuem bastante os rigores de calor, acontecendo quase sempre à noite. Há duas estações distintas: inverno, que se inicia em dezembro, e verão, que se inicia em maio.

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), desde 1971 a menor temperatura registrada em Urucurituba foi de 16,9 °C em 23 de julho de 1981, e a maior atingiu 38,8 °C em 31 de outubro de 1988. O maior acumulado de precipitação em 24 horas foi de 140,4 mm em 17 de janeiro de 2011. O menor índice de umidade relativa do ar foi observado na tarde de 12 de maio de 1981, de 13%.

Fauna e Flora – O Amazonas é um estado que apresenta uma fauna e flora muito rica e diversificada, com muitas espécies de mamíferos, peixes, além de répteis , moluscos, quelônios e uma quantidade enorme de insetos.

Entre os animais da fauna amazonense , a flora também tem uma variedade muito grande de árvores de diferentes formas e tamanhos.

Urucurituba é servido pelo sistema de telefonia fixa através da operadora Oi (antiga TELEMAR). Na área rural e em alguns distritos, existem centrais telefônicas e em dezenas de comunidades rurais existe o sistema público com 1 terminal telefônico. No sistema móvel (celular), possui cobertura das operadoras: Oi ,Vivo e Claro. O sistema de internet do município é fornecido através da Claro, Oi, com o serviço Oi Velox e da Vivo com o Vivo Internet 3G.

Distritos: Augusto Montenegro e Itapeaçu.
Distrito de Augusto Montenegro

Distrito de Itapeaçú

Espero que tenham gostado
Paulo Almeida Filho – Inativo/Am
FONTE: Wikipédia, Google, FIBGE

 

Buscar

Compartilhe

Os maiores municípios do Amazonas por população – Urucurituba

Guia de Associados